Entre nesse Negócio!

Entre nesse Negócio!
Ganhe seu dinheiro em casa!

domingo, 28 de outubro de 2012

Coração dilacerado


                                          Meu coração está sangrando
                                          Doendo muito...
                                          Tu me fazes tanta falta
                                          Não está sendo fácil suportar
                                          É doloroso demais
                                          Viver sem o brilho dos teus olhos,
                                          A ternura do teu sorriso
                                          O calor do corpo
                                          O sabor da tua boca.
                                           Autoria:   Leila dos Reis

Eu! Leilinha

 

9 comentários:

  1. Cuando la saudade se convierte en desenfrenada nostalgia, nuestro cuerpo y mente se sumergen en un fuego intenso dificil de sofocar.
    Precioso Poema.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  2. Linda saudade Leilinha descrita com preciosas palavras ...um grade beijo estava eu com saudades de te viu ...apareça mais ...com carinho Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  3. Hola, unas amigas blogueras hemos creado un Blog Directorio para publicidad de blogs gratuita.
    Dejo el enlace por si te interesa estar en nuestra lista.

    http://agregatublog.blogspot.com.es/

    Anímate, no dejes pasar la oportunidad.

    Gracias.

    ResponderExcluir
  4. great blog, if you like photography ... I invite you to my group on facebook,,, a window to see what I do and see .... tell me what you think ...
    http://www.facebook.com/groups/166168033521201/

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga

    Quem parte
    de nós,
    também nos parte,
    pelo nosso imaginar
    das histórias
    que poderiam ter sido vividas
    e que não tiveram
    tempo de acontecer...

    Que haja sempre
    sonhos por sonhar.

    ResponderExcluir
  6. Que tipo de gente é capaz de fazer isso com um coração? Muito cruel! Mas, o poema ficou lindo! Meus parabéns. Estive afastado, mas, agora estou voltando. Abraços do amigo Bicho do Mato.

    ResponderExcluir
  7. Com o tempo a falta vira saudade, e depois a saudade vira uma lembrança e a gente enfim pensa foi o melhor para mim.
    beijo

    ResponderExcluir
  8. Quando gostamos de verdade de uma pessoa, doí ficar longe dela. parece que não há mais nada para nos fazer sorrir.

    texto muito bonito!!

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, Leila. A dor de amor eu penso que é uma das piores dores existentes na alma humana.
    Dói, custa a passar deixando cicatrizes imensas, um vazio no peito, que certa hora irá passar, mas será um fato marcante que ditará a nossa realidade daqui em diante.
    Beijos na alma e paz!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por comentar!

Se desejar conectar-me está aqui o meu e-mail
leila_reisnascimento@hotmail.com
Imperatriz Maranhão
Um super beijo e DEUS que lhe abençoe muito!
Eu... Leilinha